Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Reverso da medalha

por Antero, em 16.02.10

Em Setembro passado, após o FC Porto ter ganho ao Sporting no Dragão e enquanto o Benfica despachava o Leixões na Luz com 5 batatas, uns colegas meus exclamavam "este ano vai dar pica!". A previsão estava correcta, a gama cromática da mesma é que não: a disputa deste campeonato não tem sido vermelho-azul como se previa, mas sim vermelho-vermelho. A emoção deve-se mais ao Sp. Braga e menos ao FC Porto (e nem vale a pena falar do Sporting que desaba a olhos vistos). No próximo Domingo, portistas e bracarenses encontram-se no Dragão e, pela primeira vez na minha vida, vejo-me tentado a torcer pelo FC Porto para benefício do meu clube. É complicado, mas eu sabia que, mais tarde ou mais cedo, uma situação do género iria acontecer (só nunca pensei que fosse com o Braga, mas adiante). Este dilema é como um desafio às leis da Física: eu nunca torço pelo FC Porto, nem quero torcer, e agora vejo-me na iminência disso.

 

Mas se isto é um martírio, digamos... confortável para mim, que será para os milhares de portistas que se espumam contra o Benfica? Entregar a liderança isolada da Liga ao Satanás? Ou saltar fora da disputa do título - e, provavelmente, da Liga dos Campeões - para que o Jardim do Éden, onde não há pecado porque não há castigo, continue saudável e em família como antes? Claro que até chegar a esta encruzilhada muita coisa aconteceu. Agora, o anti-jogo já não é "cultura defensiva" ou "conduzir o ritmo do jogo", penálties não marcados, foras-de-jogo mal assinalados e golos anulados influenciam resultados e classificações. A desculpa do "no final do campeonato, entre benefícios e prejuízos, o campeão é sempre justo" já não cola e é tudo uma cabala para prejudicar o próprio clube quando este, em muitos jogos, se encarregava de disparar sobre os próprios pés. E, desta forma, um fenómeno estranho ocorreu: benfiquistas e portistas trocaram de lugar e de papéis.

 

Quanto ao Sp. Braga, eu poderia reclamar do árbitro assistente que não viu a bola fora do campo, mas prefiro desancar na defesa do Marítimo por não saber aliviar uma bola. Não são nenhumas máquinas a jogar à bola, mas merecem muito mérito até porque tornaram para mim um Olhanense-Braga ou um Braga-Rio Ave num encontro aliciante. Porém, espero que percam. O FC Porto ainda tem a Liga dos Campeões e a Taça de Portugal para se chatear; o Braga já só tem a Liga e isso conta muito. Mas não desminto que me daria um certo gozo ver o FC Porto a perder e ficar fora da Liga dos Campeões (dificilmente serão campeões de qualquer fmaneira). Platini decerto concorda comigo e sem se dar ao trabalho de penar por tribunais, onde escutas não são aceites e os processos desafiam a passagem do tempo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:51

Debaixo de água

por Antero, em 08.12.09

Domingo à noite fui à bola. Coisa combinada em cima do joelho, assim à maluqueira. Mesmo com uma baixa de última hora, lá nos metemos a caminho logo a seguir ao almoço. Qualquer ida à Luz implica o mesmo de sempre: duas horas e tal de viagem até às portagens de Alverca, trânsito infernal entre o Aeroporto e Benfica, arranjar estacionamento no primeiro buraco disponível, comer qualquer coisa, entrar no recinto (o que pode ou não demorar, tendo em conta a enchente) e esperar. Só que desta vez tivemos vento e (muita) chuva a fazer companhia, o que acarretou um realojamento voluntário de meia bancada, e ficámos atrás dos caramelos da Benfica TV, aqueles moços que estão no meio do público a fazer o "relato televisivo" do jogo em questão com um televisor ao lado. Ou seja, paguei bilhete e ainda tive direito às repetições na hora.

 

Como qualquer adepto de sofá, ver um jogo ao vivo não é algo que me empolgue por aí além. Por isso, tento sempre ficar num anel superior, se possível numa bancada central, de forma a ter o mais próximo de uma perspectiva de telespectador. Em casa (ou no café, seja) estamos limitados àquilo que a TV nos mostra, ela é rainha e senhora de nós. No estádio, a atenção pode dispersar-se a cada momento - e pelas coisas mais mundanas - e, olha, golo do Benfica que eu perdi. Outra coisa de ver jogos ao vivo: já se sabe que a antecipação acaba por ser, maioritariamente, melhor do que o jogo em si. O tempo passa num instante: num minuto estamos a saudar a equipa e, logo a seguir, recolhem aos balneários. Se estivermos a perder, pior ainda.

 

De qualquer forma, não posso dizer que tenha saído chateado: 4 golos, boa exibição e uma tendência a mudar na minha condição de azarado benfiquista (já tínhamos ganho em Paços de Ferreira). Saviola marcou um golão, algo que eu pude assistir in loco quase em câmara lenta, e Cardozo fez um hat-trick. Com a chuva a empapar o terreno não deu para mais, mas já deu para ficar satisfeito. E do jogo, tirei as seguintes ilações:

  • a águia Vitória precisa de um GPS;
  • o Sérgio não sabe cantar o Ser Benfiquista, nem que a letra esteja escarrapachada nos ecrãs gigantes;
  • a Raquel derrete-se toda com o Javi Garcia e diz que o César Peixoto deve ter algum talento escondido para fisgar a Figueira e a Chaves, porque ele é uma anta. Se calhar, sabe cuzinhar bem (que piada tão fácil, pffff...);
  • o jogo não deu para grandes polémicas, então deixei o árbitro descansado;
  • a malta deve ter algum problema crónico, uma vez que chingaram tanto o árbitro, chegando ao ponto de berrar por um amarelo para um jogador... do Benfica!;
  • as inocentes crianças na fila atrás de mim devem ter chegado à escola com todo um novo vocabulário;
  • os acessos rodoviários ao Estádio da Luz continuam a ser uma merda;
  • com o que choveu, Alvalade deve ter ficado sem relvado;
  • o jogador do Benfica mais ovacionado no aquecimento foi... Jorge Jesus.

Agora fiquei com o bichinho para voltar lá dia 20 (ó Sinuhé, tu avisa se queres ir e a gente trata disso, homem!), mas não sei se devo arriscar a testar novamente a minha crónica maré de azar em jogos ao vivo. Este ano foram dois jogos e duas vitórias esmagadoras, mas ainda não estou convencido: tendo em conta o adversário, seria para me chatear imenso, ficar rouco e tudo o que me sairia da boca seria de 'filho da puta!' para baixo.

 

E todos sabem como eu sou um rapaz pacato e pouco dado a espectáculos de baixo nível...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:03

Harakiri

por Antero, em 27.08.09

Creio que seja o termo mais correcto para adjectivar a última convocatória de Carlos Queirós(z) para a Selecção Nacional, tendo em vista os jogos com a Hungria e com a Dinamarca. E não me refiro só a Liedson. Espero estar enganado, mas duvido.

 

Já agora, a melhor opinião que li sobre este assunto (convocatória do brasileiro) estáaqui. Reparem que é um blog lagarto. E dos bons, diga-se de passagem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:03

Rédea curta

por Antero, em 04.07.09

Recuperado do trauma que foiTransformers - Retaliação, o que deve ter feito de mim o único a não abordar a ressureição de Michael Jackson (ah, ele não estava morto já? Txiiii...), vim só aqui para dar os parabéns a Luís Filipe Vieira devido à sua reeleição esmagadora como presidente do Grande, Enorme e Universal Sport Lisboa e Benfica. Pudera, concorrer sozinho contra um palhaço incoerente e sem rumo como Bruno Carvalho é meio caminho andado para o sucesso. Com a implosão do Movimento Benfica, Vencer, Vencer (com um nome destes também não iriam longe...) depois da antecipação das eleições - algo, recorde-se, desejado por toda a oposição - que revelou adversários fragilizados e sem ideias, só podia dar mesmo Vieira.

 

É por isso que gostaria de dizer ao Senhor Presidente que a sua margem de manobra agora é zero! Com a nação benfiquista a seus pés, não há desculpas para falhas de incompetência no futebol. Por que é o futebol que acalma as hostes, o resto são sobremesas. Triste, mas verdade. Não exijo títulos, até por que lutar contra o FC Porto é difícil (dentro e fora dos relvados), mas displicência nunca mais! Ficar 4 anos seguidos atrás de um Sporting paupérrimo é o fim da picada. Exige-se trabalho, dedicação e profissionalismo na defesa do clube. Não estou a falar das tácticas de defesa lagartas que passam, invariavelmente, pelo ataque ao Benfica, mas é incrível como qualquer abordagem da comunicação social é o bastante para pôr o clube em polvorosa. Por isso, toca a trabalhar a sério que os resultados surgirão naturalmente. Até porque 2012 é já ali ao virar da esquina.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:14

Triste pela descida do Boavista à 2ª Divisão. Nos anos negros do Benfica, acompanhei os jogos dos axadrezados e aprendi a admirar o clube. A equipa não era das melhores e o futebol praticado não era nenhum espanto, mas a garra posta em campo aliada ao facto de um clube "pequeno" afrontar os grandes do costume, fez meio país acompanhar o Boavista a sagrar-se campeão nacional e os seus brilharetes na Europa. Também gostava muito de ir ao Bessa ver jogos do Benfica, pese o preço proibitivo que cobravam pelos bilhetes. E agora nada disto voltará, pelo menos nos próximos tempos. Triste pelo clube, mas não pelas administrações que teve ao longo dos anos: foram elas que enterraram o Boavista. Nunca pensei que a possibilidade de um Sp. Espinho x Boavista me entristecesse tanto.

 

Por outro lado, fico contente com a descida do Belenenses, embora acredite que ainda se vão manter à custa dos problemas financeiros do Estrela (o que é da mais elementar justiça, atenção!). De vendidos àquele clube está o campeonato cheio, mas a coisa continua equilibrada: a Olhanense a União de Leiria subiram. E não esquecer a Académica, o Sp. Braga, e o Vitória de Setúbal. Tudo normal, portanto.

 

Na próxima Quarta-feira joga-se a final da Liga dos Campeões e, pelosegundo ano consecutivo, as duas melhores equipas da Europa disputam o caneco. Confesso que simpatizo muito mais pelo Manchester United do que pelo Barcelona (Real Madrid forever!), mas por uma questão de honra pessoal, estarei a torcer pelos catalães. Ando há meses a dizer que eles vão papar tudo e não podem descarrilar na última estação. Há anos que o Barça não jogava assim tão bem (para falar a verdade, há anos que uma equipa não praticava um futebol tão atraente). Nem quando foram campeões europeus em 2006 jogavam tanto assim. Guardiola deve ter uma poção mágica qualquer.

 

E agora, o assunto mais delicado: o Benfica. A época foi má. Foi roubado em muitos jogos. Não jogou uma beata noutros tantos. O Benfica é isto: um misto de culpa própria com intervenção de terceiros. Ambas não se justificam, mas acabam por se complementar. Gosto de Quique, da sua postura e do seu discurso. Como treinador já não gosto tanto e andei até à última a aguentar a corda. Neste aspecto, do apoio à equipa, nada a dizer: nenhuma equipa e treinador tiveram tanta margem de manobra por parte dos adeptos. Se ficar (o que duvido), poderá mostrar que aprendeu com os erros desta época, mas, ao mínimo deslize, terá a cabeça a prémio. Admito que fui dos que rejubilou com a saída de Fernando Santos, embora o timing não fosse o melhor. E isso acabou por custar a época inteira ao Benfica. Não quero ver isso repetido. Ficar atrás do FC Porto já é normal (não devia ser, mas é - pensem o que quiserem desta afirmação), mas ficar mais um ano atrás do Sporting é imperdoável. Não sou particularmente um fã de Jorge Jesus (acho que beneficia de uma boa imprensa), mas antes ele que Scolari.

 

Entre a Nossa Senhora do Caravaggio e o filho do Todo-Poderoso não há muita discussão. Ou estarei errado?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:46

Rapidinhas #3

por Antero, em 13.04.09

Assim a modos de recapitulação:

  • acho que nunca transpirei tanto na minha vida como nas idas ao ginásio. Aliás, eu nem sabia que era capaz de transpirar;
  • apresentações em Flash fazem-se com uma perna atrás das costas, mas ter de voltar ao "arcaico" Powerpoint é chato, porém desafiante;
  • admito: estou viciado no American Idol, via Fox Life. O meu sonho é vir a ser como o Simon Cowell. O meu pesadelo é vir a tornar-me numa Paula Abdul;
  • assim à oitava ou nona crónica sobre cinema para o jornal Maré Viva escrevi a minha primeira crítica negativa. Mas Gran Torino é mesmo fracote. Não há desculpa para tamanho tropeção de Clint Eastwood. Ou melhor, até há: rever Mystic River e Million Dollar Baby e acabamos por desculpar tudo ao homem;
  • o FC Porto não vai passar pelo Manchester United: Jesualdo vai ser cagão, Helton vai frangar, Lisandro e Hulk vão falhar golos feitos e o United não vai perdoar. Mas, se isto não ocorrer, conto com a intervenção do senhor Platini: amigo, quer mesmo aquela gente nas meias-finais? Veja lá isso!
  • O Benfica jogou bem e perdeu. Mais um ano atrás do Sporting. Coisa indigna essa de ficar atrás de um clube que sofre 12 golos em dois jogos. Mas também é à frente do Benfica que aquela gente é feliz, então bora lá cantar a música do Ovo Kinder: "Felicidade!...";
  • É incrível como as ruas de Espinho são remendadas a toda a hora, mas basta vir uma chuvada célere e os buracos trazem reforços;
  • novo álbum de Blasted Mechanism ali na pasta pronto a ouvir;
  • troquei de telemóvel. Tarde e a más horas, mas está trocado. Menos um empecilho na minha vida. Faltam só 295...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:03

Rapidinhas #2

por Antero, em 12.03.09

Como sempre curto, grosso e sem vaselina. Vamos lá:

  • Esta semana não houve LOST. Devia haver uma lei que não permitisse este tipo de coisas. Eu quero ver tudo de seguida! Quanto às outras séries e para compensar o facto de já não falar delas, basta dizer que House parece realmente querer retomar a onda dos bons episódios, Desperate Housewives começa a cair na mesmice e já me ando a cansar um pouco, How I Met Your Mother sempre engraçada e Heroes... bem, essa nunca será alguma coisa de jeito, mas até que anda mais suportável (mas continua péssima).
  • O Sporting levou 7 na pá do Bayern de Munique e anda tudo em alvoroço. Paulo Bento não se demite (já sabe que não passa desta época), Veloso sente-se desprotegido, Polga treina para ponta-de-lança e Filipe Soares Franco não se sentiu humilhado (porra, até eu me senti). Lembram-se do que escrevi aqui? Falhei por um mês. Onde está o impresso do Euromilhões?
  • O FC Porto lá passou (Atlético, seu inútil!) e o Braga não se fiou no Sporting do seu nome e foi empatar ao Parque dos Príncipes. Com a sorte do FC Porto nestas coisas dos sorteios ainda apanham o Villareal e passam. O Braga duvide que vá daqui: eles não têm futebol para o PSG. Ah, já me esquecia: o Mourinho também foi de vela e reagiu com a sua habitual falta de subtileza. Ora, para fazer o que ele faz, estava lá o Mancini. E com menos estardalhaço.
  • Já temos candidato à presidência do Benfica: Bruno Carvalho, director da Porto Canal, é o homem. Já li alguns dos seus posts no esquizofrénico Novo Benfica e o rapaz é um triste. Não tanto por falar mal a torto e a direito da gestão de Luís Filipe Vieira (quantos e quantos...); é mesmo pela - vamos chamar as coisas pelos nomes - lambidelas nos testículos de Pinto da Costa e restante corja. Eu não duvido do benfiquismo do rapaz. Aliás, eu não duvido do benfiquismo de ninguém... especialmente dos portistas.
  • Pelos vistos, a estreia em Portugal do filme DragonBall: Evolução (mas... evolução do quê?) foi adiada para o meio do Verão. Bolas, assim vamos saber de tudo o que o filme tem de mal antes de o ver. Caraças! Promove-se excursão aos States.
  • Amanhã tenho um jantar de despedida de um amigo meu que vai trabalhar para Moçambique. Prenda? Uma boneca insuflável branca e loira para quando ele se fartar das pretas. E não se fala mais nisso.
  • Quando se deixar de falar na crise, vai-se dizer o quê? A crise está em crise?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:08

O Mundo ao contrário

por Antero, em 09.12.08

Benfica líder do campeonato após milhentos dias?

Sporting nos oitavos da Liga dos Campeões?

Liverpool a lutar pela Premier League?

Vasco da Gama despromovido e quase suicida adepto?

Quaresma eleito pior jogador em Itália? (ok, esta era mais do que esperada)

Treinador do Real Madrid declara que não tem hipóteses contra o Barcelona?

Ronaldo humilde na consagração? (ok, isto é mais utopia que outra coisa)

 

Bem, só pela primeira frase já vale a pena ver isto tudo virado do avesso.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:11

Actualidades #6

por Antero, em 05.11.08

Barack Obama é eleito presidente dos EUA

Como se previa há largos meses e de acordo com a vontade mundial, Barack Obama foi eleito presidente dos Estados Unidos da América. De nada serviu a agressividade dos republicanos: Bush deixou uma marca negativa tão forte que é altura de ruptura e Obama liderou a campanha de forma irrepreensível. Ele tem aquele carisma dos grandes líderes, capaz de movimentar as massas, principalmente das "minorias" que foram às urnas em grande número. Que tenha toda a sorte do Mundo e seja o mais sensato possível, uma vez que deve haver muito norte-americano conservador capaz de lhe mandar um balázio certeiro. Com o historial dos EUA nestas situações, estes temores são mais que fundados. Mas a altura é de festa e esperança que melhores tempos virão.

 

Liga dos Campeões

O Sporting assegurou ontem a passagem aos oitavos-de-final da competição apesar de não jogar uma beata. Ao contrário dos azares de outras épocas, convém admitir que este grupo é muito fraco e as declarações do corpo técnico do Sporting são ridículas: vir o presidente dizer que foi "uma chapada de luva branca a muita gente" depois de semanas a suplicar apoio dos adeptos denota uma falta de sensatez gritante. Como se esta vitória fosse apagar os casos de balneário, a visão técnica limitada de Paulo Bento (se bem que lhe dou o mérito de vitórias com plantéis de bradar aos céus) e do fosso entre os adeptos e a equipa. De qualquer das formas, parabéns ao Sporting Lisbon (hehehehe). Hoje, o FC Porto entra em acção e a conjectura não podia ser pior, embora os portistas tenham o hábito de superar-se quando estão sob pressão. O plantel está muitos furos abaixo dos anos anteriores e agora começam a emergir os defeitos de Jesualdo Ferreira como treinador. Claro que com uma SAD que ganha balúrdios em comissões de compra (!) de jogadores e que chupa o dinheiro todo em prémios de vitórias, cujas percentagens são escandalosas. Mas aí cabe aos sócios do clube reclamarem. No futebol jogado, Rodriguez ainda não fez nada para merecer o vencimento, Lisandro anda sem pontaria, Lucho e Raul Meireles estão cansados (será das noitadas?), Bruno Alves continua a ter carta branca para dar porrada a tudo e todos e Hulk joga como se estivesse no PES, naquele modo em que o jogador tem de mostrar os seus atributos. No fim, uma boa notícia: parece que Pelé já descobriu o caminho da Ribeira para o Dragão e assim escusa de andar desaparecido na noite portuense.

 

Magalhães

É vergonhoso que o Governo se vanglorie de um computador para as escolas e estas ainda continuam à espera dos mesmos. Parece que o Governo quer que as Câmaras financiem a distribuição e estas, completamente falidas, não estão muito para aí viradas. Pior ainda é ver Sócrates a enterrar-se em grande ao afirmar que o Magalhães é tão bom que todos os seus ministros o utilizam, o que atestou aquilo que muitos desconfiavam: aquela gente tem idade mental de 10 anos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:42

Sem espinhas!

por Antero, em 27.09.08

Hoje tivemos leão assado na Luz. Já muitas vezes comentei com amigos que nenhum dos três grandes joga especialmente bem, mas que o Benfica é aquele com maior margem de progressão. E hoje viu-se o bluff que é este Sporting (o FC Porto também não convence ninguém). Mesmo com o senhor Duarte Gomes vestido de verde e muito poupadinho nos cartões, o Benfica foi categórico e venceu por 2-0. Tive pena de Nuno Gomes ter sido substituído em detrimento do inconsequente Cardozo, mas aceita-se para poupá-lo para quinta-feira. E Katsouranis tem de jogar no meio-campo sempre. O Sporting foi naquela do rematar de longe à espera que Quim frangasse novamente, mas tiveram azar. Nota-se que Postiga tem a escolinha toda do clube do putedo, uma vez que tinha carta branca para fazer tudo e mais alguma coisa. Quero ver as desculpas de Paulo Bento, porque foi ao Benfica que roubaram uma grande penalidade, admitida até pelos comentadores da "Suporte TV"! Grande Sidnei! Grande Reyes! Obrigado Benfica pela prenda de anos antecipada!

 

Agora, venham daí os italianos!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:49


Banha de Cobra

Alvará

Antero Eduardo Monteiro. 30 anos. Residente em Espinho, Aveiro, Portugal, Europa, Terra, Sistema Solar, Via Láctea. De momento está desempregado, mas já trabalhou como Técnico de Multimédia (seja lá o que isso for...) fazendo uso do grau de licenciado em Novas Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro. Gosta de cinema, séries, comics, dormir, de chatear os outros e de ser pouco chateado. O presente estaminé serve para falar de tudo e de mais alguma coisa. Insultos positivos são bem-vindos. E, desde já, obrigado pela visita e volte sempre!

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Armazém

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D