Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



  • tratarem-me por "puto": sei que é moda, mas acho deselegante. Se for mais novo que eu, então é um sacrilégio!
  • pessoas que não se sabem comportar no cinema: no último Harry Potter foi um fartote. Pontapés nas cadeiras, comentários sobre o filme em alto e bom som, telefonemas atendidos a meio do filme, enfim...
  • criticarem-me pela maneira como caminho: eu não pouso totalmente os calcanhares no chão, o que faz com que ande aos "saltinhos". É uma coisa muito subtil e muitos só se apercebem passado algum tempo, o que gera logo comentários e sugestões sobre "como andar". Para futura referência: eu caminho assim vai para 26 anos e acham mesmo que é agora que me vou "tratar"?!
  • spam na minha conta de email: só em procedimentos para alargar o pénis já lhes perdi a conta.
  • a ventania de Espinho: sério! Nos últimos dias, tem sido impossível! Não há dia de praia que resista a tamanho vendaval.
  • derrotas do Benfica: uma noite (mal) dormida e passa, mas o rescaldo do jogo não é para corações fracos.
  • smartphones: touchscreen num ecrã tão pequeno é algo que faz perder as estribeiras (escrever uma SMS é um martírio). Porém, é só até ter um.
  • malta que não quer escrever bem: uma coisa é não saber, outra é não querer. Cabe na cabeça de alguém escrever com 'k', 'x', diminutivos, acentuação inexistente ou, pior ainda, maiúsculas e minúsculas sem qualquer critério?! Se nas SMS's ainda dou de barato dada a limitação de caracteres, por essa Internet fora acho simplesmente deplorável como as pessoas escrevem tão porcamente. Erros com formas verbais são o pão nosso de cada dia.
  • pessoal que não comenta no blog e depois escreve-me no Facebook ou no Twitter. Só por isso, este texto foi sem ligação nas redes sociais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:15

Porquê?

por Antero, em 05.10.08

Porque é que esteve frio a semana toda, ao ponto de eu agora estar tão constipado que mal me aguento em pé, e aos Domingos está sempre, sempre, sempre bom tempo? Odeio os Domingos!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:53

Actualidades #2

por Antero, em 26.05.08

Combustíveis

Há uns anos, o povo português suplicava ao Governo que liberalizasse os preços dos combustíveis, acreditando na ideia que a existência de várias opções faria com que os preços baixassem. Hoje, sabemos que não é bem assim: basta a gasolineira-mor subir um cêntimo que seja para as restantes seguirem-lhe as pisadas, levando o povão ao desespero. Agora, pede-se ao Governo que baixe o imposto para atenuar a subida do preço do crude. Moral da história: tuga que é tuga, nunca está satisfeito!
 
Selecção Nacional (outra vez…)
Ainda nem uma semana passou desde a final da Liga dos Campeões, dita por finalizar a época a nível de clubes, e já não posso com a Selecção de todos nóis. Já não bastassem os anúncios de toda e qualquer marca anunciada como “patrocinador oficial” ou, para quem não conseguiu tão nobre distinção, “[inserir nome da marca] apoia a Selecção de Portugal!”, os directos de Fontelos que não acrescentam rigorosamente nada ao dia-a-dia futebolístico, passando até por analisar os dias de folga dos jogadores, agora temos uma parafernália de programas diários de “apoio” à Selecção, dos nossos “heróis” e das nossas cores. Junta-se a isto a colaboração no “apoio” de personalidades como Roberto Leal, Tony Carreira e Ronalda, também conhecida como aquela-cujo-nome-é-para-homenagear-o-irmão-e-não-para-tirar-dividendos e temos a receita para vários momentos constrangedores. Mas o mais inacreditável é haver portugueses que se queixam por não haver bilhetes para os treinos da Selecção! Que se lixem os combustíveis, o sistema de saúde, as falhas do ensino, a corrupção e as remunerações abaixo de cão! A falta de bilhetes sim, é um ultraje! E ainda por cima vamos ter aturar o Euro nos delírios audiovisuais da TVI (principalmente, áudio), o que é péssimo presságio para a equipa: das duas vezes em que a estação conseguiu o exclusivo dos jogos da Selecção – europeus de sub-21 – Portugal amargou em prestações miseráveis.
 
Quique Flores
É o novo treinador do Benfica e, até prova em contrário, é o melhor treinador do Mundo! Estou a exagerar, obviamente: não sou daqueles benfiquistas que acha que se deve apoiar incansavelmente treinador, jogadores e direcção, tanto mais que num clube que se diz democrático mesmo antes do Estado Novo, cada um deve ter direito à indignação, desde que seja feita no tempo certo e educadamente (termos desconhecidos lá para os lados das Antas). Não me desagrada a sua escolha, embora digam que o seu estilo seja muito Trappatoni, ou seja, coração nas mãos todos os jogos, mas o Benfica precisa mais de resultados do que de jogar bem. Dou-lhe o benefício da dúvida.
 
Festival da Canção
Pela primeira vez, em muitos anos, acompanhei a gala da Eurovisão, tanto a semifinal como a final. Claro que não a segui atentamente, tanto mais que nem sequer assisti à prestação de Portugal (em ambas as ocasiões), mas segui cuidadosamente a atribuição dos pontos. Foi uma alegria: países vizinhos a darem pontuações altas entre si, o que era mais notório nos países de Leste, embora os “latinos” não tenham fugido à regra. O mais engraçado foi que Portugal atribuiu os pontos mesmo à maneira de não baixar no ranking (estava em 10º ou 11º na altura) e a pontuação máxima foi atribuída à Ucrânia, como forma de agradecimento pelos serviços prestados na elevação de tantas edificações arquitectónicas. Não há chico espertismo como o português! Na minha opinião, cada um devia era votar no país que se encontra na presidência da União Europeia no momento, de forma a garantir, não oficiosamente, mais subsídios comunitários. Já que qualidade não é critério de avaliação…
 
Mau tempo
Final de Maio, Verão aí à porta e continua o mau tempo. Eu diria que a culpa é de Al Gore e seus seguidores: se não tivessem alertado para os problemas ambientais do planeta, a gente até cagava d’alto e pensava que era mais um ano atípico.
 
Cinema
Depois de ver (e de me desiludir) com Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal, começo a temer pelo Verão cinematográfico, que jurei a pés juntos que seria bem melhor que o anterior. O que vale é que os seguintes filmes não deverão desiludir:
  • O Cavaleiro das Trevas: sequela de Batman: O Início;
  • Wall•E: novo filme da Pixar que sucede à obra-prima Ratatouille cujo enredo promete;
  • The Happening: novo filme de M. Night Shyamalan que, depois do pavoroso A Senhora da Água, volta aos filmes de suspense e tensão que lhe deu fama.
Se, porventura, dois destes três falharem (partindo do princípio que nenhum os substituirá em matéria de resultados), poderemos considerar um Verão desastroso e bem pior que o anterior.
 
Estágio
Uma frase para o classificar: agora que o curso estava a ficar bom, acaba. Apenas isto.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:25


Banha de Cobra

Alvará

Antero Eduardo Monteiro. 30 anos. Residente em Espinho, Aveiro, Portugal, Europa, Terra, Sistema Solar, Via Láctea. De momento está desempregado, mas já trabalhou como Técnico de Multimédia (seja lá o que isso for...) fazendo uso do grau de licenciado em Novas Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro. Gosta de cinema, séries, comics, dormir, de chatear os outros e de ser pouco chateado. O presente estaminé serve para falar de tudo e de mais alguma coisa. Insultos positivos são bem-vindos. E, desde já, obrigado pela visita e volte sempre!

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Armazém

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D