Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Temos de falar sobre Jorge Jesus

por Antero, em 03.03.12

8 pontos perdidos em três jornadas. A Liga dos Campeões mal encaminhada. Perda da liderança com o Sp. Braga a morder os calcanhares. Equipa fisicamente por um fio e mentalmente de rastos. É este o resultado da fase mais crítica do Benfica 2011/2012. E ainda não acabou.

Se, no verão passado, considerei a permanência de Jorge Jesus no Benfica um pequeno milagre tendo em conta a forma como foi planeada e desenvolvida a temporada anterior, temo que o seu reinado está com os dias contados. Se o empate com a Académica pode ser considerado normal (há jogos assim), a derrota com o Guimarães e a maneira como não se entra no jogo com o FC Porto e não se segura uma vantagem preciosa é inadmissível. Uma equipa que quer ser campeã não perde 5 pontos antes de um jogo decisivo. Uma equipa que quer ser campeã não faz o mais difícil (reviravolta para 2-1) com o FC Porto e, de seguida, não mata o jogo ou segura o meio campo. Uma equipa que quer ser campeã não ataca uma época inteira com Emerson a titular e não dá um corretivo a Gaitan pela sua constante displicência.

O Benfica tem melhor plantel, joga melhor futebol e, digam o que disserem, Jesus é melhor treinador que o arremedo que treina lá nas Antas (uma opinião partilhada por imensos portistas). No entanto, é Vítor Pereira quem se arrisca a ser campeão tudo por que Jesus lhe deu o título de mão beijada. Sim, o Benfica mostrou que tem futebol para eles. Sim, merecia o empate (no mínimo). Sim, Maicon marcou em fora de jogo nítido, mas... foda-se, o Maicon?! Com Otamendi a dar borlas e Rolando a acompanha-lo?! Depois de virar o resultado?! Com o James (enorme jogador) a passar ali tipo faca em manteiga e ninguém lhe mete o pé?! Porra, até o Artur me deu saudades do Quim com aquela saída no terceiro golo.

 

Não há que disfarçar nada: isto está decidido. O FC Porto não vai vacilar. O Benfica, mesmo ganhando, correria sempre esse risco. Eles não. Por tudo: pela injeção de ânimo, por que há equipas que jogam a medo, por jogos de bastidores, por que já não há competições europeias para se chatearem, rituais satânicos, enfim... arranjem a desculpa que quiserem que vai dar ao mesmo.

Vítor Pereira será campeão. Não há maior atestado de incompetência a Jorge Jesus. Que faça as malas em maio e obrigado por tudo e por nada.

 

publicado às 03:26


2 comentários

Sem imagem de perfil

De RS a 03.03.2012 às 07:35

analiso a coisa de outra forma. o benfica ao longo de toda a época, exceptuando uns 3 ou 4 jogos seguidos bem conseguidos, não foi consistente. por isso mesmo achei que o porto mesmo a 5 pontos tinha hipóteses de virar a coisa (como aconteceu). é verdade que este porto está a anos luz da equipa da época passada, mas o benfica também não andou melhor. resumindo a coisa podia (e ainda pode) cair para qualquer lado, mas na fase aparentemente decisiva o porto esteve melhor, muito melhor. perder 8 pontos em 3 jogos é muita coisa!
sobre o golo em fora-de-jogo, é verdade que é irregular, embora seja em lance difícil para o assistente. consegue-se ver com a imagem parada e a linha desenhada, mas qualquer pessoa séria vê que o lance é difícil, mas o erro está lá! esse e muitos outros, especialmente a falta inexistente, mas que o arbitro assinala e que origina o golo do benfica e a não exibição de vários cartões amarelos a jogadores do benfica. saliento um cartão amarelo ao cardozo, ao entrar de "sola", que acumularia mais tarde o 2º e seria expulso (mais uma vez!) e o cartão amarelo poupado ao maxi por falta sobre o djalma quase sobre a linha da grande área. mais um jogador que seria expulso. este ainda é pior, pois no ultimo lance do jogo tem uma entrada para mais um cartão amarelo e respectiva expulsão e o arbitro resolve acabar o jogo sem expulsar...
não considero de forma alguma que o benfica merecesse tão claramente o empate. o porto entrou melhor em campo e durante muito tempo foi superior ao benfica. além disso acho que foi a equipa que mais acreditou que era possível ganhar e fez por isso, tirando um defesa para colocar um avançado!
gostei do jogo. já há muito que não via um jogo grande tão emotivo! muito por culpa das defesas, claramente o sector mais fraco de ambas as equipas o que originou várias ocasiões de golo para ambos os lados.

Comentar post



Alvará

Antero Eduardo Monteiro. 30 anos. Residente em Espinho, Aveiro, Portugal, Europa, Terra, Sistema Solar, Via Láctea. De momento está desempregado, mas já trabalhou como Técnico de Multimédia (seja lá o que isso for...) fazendo uso do grau de licenciado em Novas Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro. Gosta de cinema, séries, comics, dormir, de chatear os outros e de ser pouco chateado. O presente estaminé serve para falar de tudo e de mais alguma coisa. Insultos positivos são bem-vindos. E, desde já, obrigado pela visita e volte sempre!

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Armazém

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D