Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fringe: futuro (in)certo

por Antero, em 31.01.12

ALERTA DE SPOILER! Este post contém informações relevantes, pelo que é aconselhável que só leiam caso estejam a par da exibição norte-americana.

 

 

Fringe 4x10: Forced Perspective

A adolescente Emily tem um problema: consegue prever quando e como alguém vai morrer. Amaldiçoada pela sua condição, ela tenta avisar os infelizes através de desenhos, embora nunca tenha sido bem-sucedida. A sua família tenta protege-la a todo o custo, mudando de cidade em cidade sempre que são reconhecidos, devido a breves experimentos feitos pela Massive Dynamic quando Emily era uma criança (tal como Olivia, para os mais distraídos). A resposta é dada por Walter: ecos temporais, acontecimentos traumáticos que "ecoam" através da linha temporal e que são "captados" pela garota antes de todos os outros.

Claro que depois de receber um aviso do Observador que iria morrer de qualquer maneira (curioso que ele tenha vestígios da Gripe Espanhola no seu ADN; talvez tenha lá a cura da SIDA também... – o que reforça a ideia de serem humanos), Olivia percebe que isto tem tudo a ver com ela mesma: estará o Destino traçado? Ou poderá ser evitado? Com o ato terrorista a ser impedido em cima da hora, Olivia tenta provar a si própria que o Observador pode estar errado, embora a explicação dada por Peter sobre a essência destes seres e como eles interagem com o Tempo de forma distinta (tal como Emily) a tenha assustado de sobremaneira. Até temos o exemplo de Peter: o facto de este não "existir" nestes universos não impediu que ambos entrassem em conflito. De certo modo, o fim seria sempre o mesmo, embora Peter esteja cá para que este não se repita. Confuso?

Detalhes do episódio que convém reter: a hipnose mais elaborada de Walter em relação à feita na primeira temporada (verde-verde-verde-vermelho – lembram-se?); Peter e o pai a trabalharem em conjunto numa solução para a Máquina do Apocalipse, já que esta variante não deverá responder a um Peter que não deveria existir; Nina Sharp a sobrepor o seu entusiasmo pela Ciência à sua ética como mãe adotiva de Olivia, o que desperta nesta uma certa desconfiança. E, obviamente, o surgimento de um novo Observador nos últimos segundos. Será Março? É que a avaliar pelo glifo desta semana...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:25


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Banha de Cobra

Alvará

Antero Eduardo Monteiro. 30 anos. Residente em Espinho, Aveiro, Portugal, Europa, Terra, Sistema Solar, Via Láctea. De momento está desempregado, mas já trabalhou como Técnico de Multimédia (seja lá o que isso for...) fazendo uso do grau de licenciado em Novas Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro. Gosta de cinema, séries, comics, dormir, de chatear os outros e de ser pouco chateado. O presente estaminé serve para falar de tudo e de mais alguma coisa. Insultos positivos são bem-vindos. E, desde já, obrigado pela visita e volte sempre!

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Armazém

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D