Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

Há uns meses atrás, o Chelsea liderava folgadamente a Premier League enquanto o Manchester United perdia pontos atrás de pontos. Falava-se do pior Manchester dos últimos anos, da ausência de Cristiano Ronaldo e que Alex Ferguson estaria mais preocupado com a sucessão do que em reconstruir uma nova equipa. O bom e velho Fergie puxou dos galões, deu coesão à defesa, fez explodir Rooney, desatou a acelerar para a liderança do campeonato ao mesmo tempo que o Chelsea colapsava inexplicavelmente e só não fez esquecer Ronaldo por que... bem... é o Ronaldo. E por que trago à memória o "pior" Manchester da época? Por que no jogo desta noite, onde United e Barcelona almejavam a quarta Taça de Campeões Europeus, e por largos momentos, a equipa de Pep Guardiola reduziu o adversário ao "pior" da época, quando muitos (entre eles, eu) afirmavam que dificilmente Ferguson seria campeão com esta equipa.

 

Claro que não há vergonha nenhuma perder para este Barcelona, um autêntico carrossel que, bem oleado, não dá hipóteses a ninguém. Os jogadores do United entraram sem medo, mas logo os catalães os meteram em sentido e apontaram flechas à baliza de Van der Sar. Uma primeira parte bem disputada e digna da partida máxima do futebol europeu valeu um golo para cada lado, com o Manchester a apostar em contra-ataques mortíferos e o Barcelona empenhado a encostá-los às cordas. Na segunda parte, foi o verdadeiro festival blaugrana e nunca os reds ameaçaram efectivamente o golo, sendo que do meio-campo para trás foi o pânico total a cada investida de Messi, Pedro, Iniesta e David Villa. Voltando ao "pior" Manchester, o que antes parecia incompetência e altivez, hoje foi mesmo inferioridade. Ferguson merece todo o crédito do Mundo pelo que já fez (e ainda fará) pelo United, mas este Barcelona não é deste Mundo. É uma equipa a roçar a perfeição!

 

Uma palavra final para o futebol dos catalães: quer-me parecer que o mesmo parou no tempo e não afirmo isto como uma crítica. Com os seus jogadores formados na casa ou que já lá estão há muito tempo, logo em sintonia com a cultura do clube, um treinador para vários anos e conquistas sucessivas, um futebol de encher o olho e que fala à essência do mesmo como espectáculo de massas, este Barcelona parece descendente directo de gerações que nos deram Real Madrid, Benfica, Ajax, Bayern Munique ou Liverpool: equipas que, a determinada altura, dominaram a Europa a seu bel-prazer, com duelos memoráveis, impunham respeito onde quer que fossem, eram o paradigma do glamour futebolístico e que, além de terem a história factual do seu lado, levam consigo o estatuto de lendas. A equipa de Guardiola caminha a passos largos para isso, algo notável para um futebol comandado por interesses económicos – e a nós, meros espectadores, só nos resta sentar e admirar a magia que emana dos pés de Messi, Xavi, Iniesta, Villa e restantes companheiros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:21



Banha de Cobra

Alvará

Antero Eduardo Monteiro. 30 anos. Residente em Espinho, Aveiro, Portugal, Europa, Terra, Sistema Solar, Via Láctea. De momento está desempregado, mas já trabalhou como Técnico de Multimédia (seja lá o que isso for...) fazendo uso do grau de licenciado em Novas Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro. Gosta de cinema, séries, comics, dormir, de chatear os outros e de ser pouco chateado. O presente estaminé serve para falar de tudo e de mais alguma coisa. Insultos positivos são bem-vindos. E, desde já, obrigado pela visita e volte sempre!

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Armazém

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D