Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fringe: o resgate

por Antero, em 19.04.11

ALERTA DE SPOILER! Este post contém informações relevantes, pelo que é aconselhável que só leiam caso estejam a par da exibição norte-americana.

 


Fringe 3x19: Lysergic Acid Diethylamide

Foi-se William Bell (aparentemente) e voltou a nossa Olivia. Uma viagem à mente da nossa heroína foi o que bastou para resgatar a sua consciência. E que viagem: cheia de símbolos marcantes do Lado B (as Torres Gémeas, o dirigível) e outros representativos do carácter reprimido de Olivia (os subúrbios labirínticos como meio de protecção), uma sequência inteira em animação (Leonard Nimoy recusou-se a voltar a gravar, mas emprestou a sua voz) que explorou ao máximo as suas possibilidades para trazer cenas de acção que, de outro modo, dificilmente poderiam ser levadas a cabo em imagem real. A forma encontrada foi aprofundar aquele recurso de mergulhar na mente de Olivia já usado anteriormente na série – só que agora com Walter e Peter conectados e a intervir nas profundezas da sua psique (num esquema semelhante ao visto emA Origem).

 

Com toques de humor sensacionais (o meu preferido é Peter completamente drogado a assumir que Broyles é um dos Observadores), o episódio, cujo título remete à sigla LSD, foi ágil em resolver a questão de Bellivia que perigava tornar-se um embaraço para os envolvidos, não obstante o esforço de Anna Torv em manter a seriedade da personagem. Regressa uma Olivia mais confiante, ultrapassados que estão os seus fantasmas interiores e mais próxima daquilo que conhecemos de Altivia. No final, a revelação: o homem que estava na compartição fechada a cadeado do dirigível poderá ser alguém que a matará. De onde surgiu isto? Quem é aquele indivíduo? Como Olivia pode ter esta percepção e transmiti-la de maneira tão despreocupada? De acordo com o que andei a ler por aí, no final da temporada poderá morrer uma personagem importante. Será que Fringe se arriscaria a tanto?

 

A resposta virá nos três episódios que faltam para terminar este fabuloso terceiro ano.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:06


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Nuno a 20.04.2011 às 00:59

Foi mais um excelente episódio. A animação estava meio perra, mas acabou por resultar. Não sabia isso de morrer uma personagem :/ Aposto no Charlie.
Imagem de perfil

De Antero a 20.04.2011 às 01:06

A animação "meio perra" deve-se, provavelmente, ao uso da técnica da rotoscopia, utilizada na maioria das partes animadas do episódio. Ela consiste em animar frame a frame sequências filmadas em imagem real.

Comentar post



Banha de Cobra

Alvará

Antero Eduardo Monteiro. 30 anos. Residente em Espinho, Aveiro, Portugal, Europa, Terra, Sistema Solar, Via Láctea. De momento está desempregado, mas já trabalhou como Técnico de Multimédia (seja lá o que isso for...) fazendo uso do grau de licenciado em Novas Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro. Gosta de cinema, séries, comics, dormir, de chatear os outros e de ser pouco chateado. O presente estaminé serve para falar de tudo e de mais alguma coisa. Insultos positivos são bem-vindos. E, desde já, obrigado pela visita e volte sempre!

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Armazém

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D