Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O fim de uma era

por Antero, em 23.05.10



Quando comecei a acompanhar LOST no início de 2006 depois da insistência de conhecidos, nunca imaginei que fosse ficar fisgado desta maneira. Na altura era uma alegria: via os episódios de rajada (a segunda temporada ia a meio quando vi o piloto), sabendo que teria sempre o capítulo seguinte logo ali no computador para saciar o meu crescente fascínio. Na terceira temporada, o vício falou mais alto e passei a seguir religiosamente com a exibição norte-americana. Eram dias de espera e desespero, noites a deitar-me tarde para ter o episódio pronto para passar ao meus colegas universitários logo pela manhã (muitos deles em Erasmus), horas passadas a ler blogues, a formular teorias, a fugir de spoilers (embora vacilasse por vezes). Já vi LOST como estudante, como estagiário, como trabalhador, como desempregado. Desbloquei conversas com a série e passei horas a discuti-la. Ri, chorei, emocionei-me, irritei-me, revoltei-me, assustei-me. Mas sempre como mesmo fascínio. Vi o passado, o presente e o futuro daquelas personagens, viajei no tempo com elas e até acompanhei uma vida paralela. Conheci-as a fundo, condenei comportamentos, emocionei-me com as suas catarses e epifanias, descobri com elas cada recanto da Ilha, temi pelas suas vidas, compreendi certas decisões, maravilhei-me com as descobertas, torci o nariz a certos acontecimentos, impacientei-me com o quebra-cabeças, mas no final saía sempre recompensado.

 

A partir de hoje, tudo isto acabará. Eu e a Televisão ficaremos orfãos de LOST, a série mais falada da década, amada por muitos, odiada por outros tantos, mas que não deixa ninguém indiferente. Não haverá mais episódios para analisar, repercutir, falar bem, falar mal, nada! Hoje acaba a maior jornada já desenvolvida na Televisão e que apaixonou e desiludiu milhões. É certo que haverá muito por explicar, muito será deixado à imaginação do espectador, alguns enigmas foram explicados subtilmente (algo que adoro na série; ela não subestima a inteligência do espectador) e o final não agradará a todos, um pouco o reflexo desta temporada que tem dividido opiniões - o que não deixa de ser um ponto a favor dos produtores por percorrerem caminhos inesperados e promoverem a discussão. Por isso, tranquem as portas, fechem as janelas, desliguem o telemóvel e tragam os lenços de papel. Esqueçam o Mundial de futebol; o acontecimento televisivo do ano ocorre hoje. LOST ACABA HOJE! HOJE! H-O-J-E! E acredito que acabará em beleza.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:44


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Rita a 23.05.2010 às 14:13

Vim parar a este blog precisamente por causa do Lost. Descobri-o algures nesta season e li todas as semanas. Nos últimos dias ando com um sentimento estranho de perda que vejo reflectido aqui e em vários sítios onde coabitam mais fãs do Lost lol Vou sentir mesmo a falta desta série...
Sem imagem de perfil

De Maionese a 24.05.2010 às 15:26

tenho de confessar que não li o post porque ainda não vi o final (vou ver hoje)
mas tenho de dizer que estou a achar esta 6 temporada um pouco forçada e mais fraca que as anteriores... vamos ver se o final me surpreende pela positiva..
aparece em

http://forcanamaionese.blogspot.com/

hasta luego!

Maionese

Comentar post



Banha de Cobra

Alvará

Antero Eduardo Monteiro. 30 anos. Residente em Espinho, Aveiro, Portugal, Europa, Terra, Sistema Solar, Via Láctea. De momento está desempregado, mas já trabalhou como Técnico de Multimédia (seja lá o que isso for...) fazendo uso do grau de licenciado em Novas Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro. Gosta de cinema, séries, comics, dormir, de chatear os outros e de ser pouco chateado. O presente estaminé serve para falar de tudo e de mais alguma coisa. Insultos positivos são bem-vindos. E, desde já, obrigado pela visita e volte sempre!

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Armazém

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D