Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




ALERTA DE SPOILER! Este post contém informações relevantes, pelo que é aconselhável que só leiam caso estejam a par da exibição norte-americana.

 

 

How I Met Your Mother: Temporada 4

Há cerca de um ano,escrevio seguinte sobre a terceira temporada de How I Met Your Mother:

 

Apesar da temporada perder muito em relação às anteriores, principalmente a segunda, continua a ser uma óptima comédia, com personagens cativantes e piadas inspiradas (Barney Stinson é o maior!). A mecânica dos flashbacks dentro dos flashbacks continua a funcionar às mil maravilhas, proporcionando um ritmo elevado de situações hilariantes, inovando na já gasta categoria de sitcoms clássicas (aquelas com recurso a multi-câmaras e risos do público no fundo).

 

Vista a quarta temporada, muito do que foi escrito há meses continua a aplicar-se. Os defeitos são os mesmos: episódios excelentes intercalados com histórias medianas ou irrelevantes. Neste aspecto, as duas primeiras temporadas foram mais consistentes até porque foi aí que a história de Ted e da demanda pela sua esposa revelou todo o seu potencial. No entanto, só agora é que How I Met Your Mother começou a ter o seu valor reconhecido por aquilo que mais interessa: as audiências. Então toca a fazer render o peixe. Já ouvi falar em 8 temporadas, por isso é natural que não venhamos a conhecer a Mãe tão cedo.

 

E tão pouco se falou nela neste quarto ano. Em vez disso, tivemos muitas enrolações com a história da Stella que, como não podia deixar de ser, teve de ser "diabolizada" para ninguém mais se preocupar com ela. As gravidezes das actrizes principais foram bem geridas, embora eu tenha sentido a falta de Lilly na recta final que deixou Marshall um pouco ao abandono (e repararam que o último episódio foi gravado meses antes do penúltimo? A Robin estava lisa como uma tábua...). Falando em Robin, um dos grandes pecados da temporada anterior foi corrigido e, neste ano, ela teve o merecido destaque, fosse pelo desemprego, ter ido morar com Ted e - principalmente - com a paixoneta de Barney. Paixoneta essa que, depois de meses a enrolar, que ver a sério. Será que a pragmática Robin consegue domar o furacão Stinson?

 

No entanto, convém referir algo que me incomoda há largos meses: How I Met Your Mother sofre, cada vez mais, do síndrome Shrek. Ou seja, as personagens secundárias são infinitamente mais interessantes que a principal. Nunca senti Ted tão aborrecido, mas isto talvez seja do seu arco narrativo que lhe estagnou a vida, tirou-lhe o emprego e a espera pela Mãe está cada vez mais penosa. A ver vamos se o novo emprego (como professor universitário) espicaça a sua vida, uma vez que já sabemos que vai ser lá que ele a vai conhecer. How I Met Your Mother é assim: pode ter uns episódios descartáveis (e tem), mas a sua proposta é infalível. E com uma personagem como Barney Stinson, dificilmente as coisas dão para o torto.

 

8 potes de banha

 

PS: este ano não houve bofetada, o que achei uma falha imperdoável.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:33


1 comentário

Imagem de perfil

De rosa a 27.05.2009 às 00:38

8 temporada?! Dará para render assim tanto peixe???
Concordo, o Ted está cada vez mais aborrecido, algumas das balelas sentimentais chegavam a enjoar em alguns episódios. Nessas alturas valha-nos o Barney.

E eu a pensar que já haveria 1 vislumbre da mãe na próxima season... mas 8 temporadas... ui ui

Comentar post



Banha de Cobra

Alvará

Antero Eduardo Monteiro. 30 anos. Residente em Espinho, Aveiro, Portugal, Europa, Terra, Sistema Solar, Via Láctea. De momento está desempregado, mas já trabalhou como Técnico de Multimédia (seja lá o que isso for...) fazendo uso do grau de licenciado em Novas Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro. Gosta de cinema, séries, comics, dormir, de chatear os outros e de ser pouco chateado. O presente estaminé serve para falar de tudo e de mais alguma coisa. Insultos positivos são bem-vindos. E, desde já, obrigado pela visita e volte sempre!

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Armazém

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D