Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




LOST: o grande tabuleiro

por Antero, em 26.02.09

ALERTA DE SPOILER! Este post contém informações relevantes, pelo que é aconselhável que só leiam caso estejam a par da exibição norte-americana.

 

 

LOST 5x07: The Life and Death of Jeremy Bentham

Provavelmente, um dos episódios mais importantes de LOST desde aquele estrondoso final da terceira temporada, quando soubemos que Jack e Kate haviam saído da Ilha, este A Vida e Morte de Jeremy Bentham mais não é do que o relato de todo o trajecto de Locke ao sair da Ilha, tendo a missão de reunir todos (ou quase todos) os Oceanic 6 de volta à Ilha. E começou logo de maneira fantástica, com a revelação de que Locke, uma vez na Ilha depois da queda do voo 316 da Ajira Airlines, se encontra vivo e de boa saúde. Depois, voltamos para o passado, onde Locke vai parar à Tunisia (tal como Ben já fora) onde se encontra a estação "de saída" da Ilha - e daqui podemos presumir que esqueletos de ursos polares que Charlotte encontrou por lá, não eram mais do que experiências da Iniciativa Dharma - e é abordado por um Charles Widmore fascinado e ainda se lembrando do encontro de ambos em 1954. Widmore fornece a Locke todas as condições para que este encontre e tente convencer os Oceanic 6 a voltar. Que se revelou uma tarefa infrutífera, como sabemos, e então Locke decide cometer suicídio para cumprir o sacrifício designado por Richard Alpert e reforçado por Christian Shephard.

 

O episódio foi então uma longa antecipação de um fim que todos já sabíamos que aconteceria: se os reeencontros com os Oceanic 6 (ou 5?) não trouxeram nada de novo, embora tenha sido divertido rever Walt e as tiradas de Hurley, é aí que entra em cena Benjamin Linus que, mais uma vez, confunde a nossa percepção sobre quem está do lado do Bem e quem está do lado do Mal. Há uma clara guerra entre ele e Widmore (este acusa-o de o ter exilado da Ilha e ocupado o seu lugar como líder), e Ben consegue confundir Locke e os espectadores sobre as suas intenções e sobre o papel de Locke como líder. Brilhante a cena em que Locke está prestes a suicidar-se e Ben se ajoelha perante ele, como se este fosse um Messias (uma metáfora que faz sentido, uma vez que Locke "morreu" e "ressuscitou" posteriormente). E quando parecia que as coisas não iriam ficar resolvidas, Ben mata Locke ao ouvir o nome de Eloise Hawking e forja o suicídio dele. De volta à Ilha, ficamos a saber que o avião despenhou-se mesmo, mas que os Oceanic 6 desapareceram antes desse evento. Ou seja, uns deverão estar nos anos 70 e os que se despenharam estão no presente.

 

Enquanto o episódio fechava várias pontas pendentes desde o final da terceira temporada e de toda a quarta temporada, também lançou uma enxurrada de questionamentos, tais como: qual o verdadeiro propósito de Ben? Mestre da manipulação, ele usa todos como peças na sua guerra com Widmore, mas serão os seus objectivos malignos? Saberia ele que Locke nunca poderia "morrer"? Se esta nova queda de um avião serviu para trazer Locke de novo à vida, então a queda do voo 815 da Oceanic não poderá ter servido para trazer à vida o pai de Jack? (os produtores já afirmaram que as suas aparições não se tratam de um fantasma) Se sim, porquê? Seria uma tentativa de Widmore regressar? Ou foi mesmo o destino que os juntou? Episódio fabuloso, capaz de confundir ainda mais a história intrincada da série e com excelentes interpretações de Terry O'Quinn e Michael Emmerson. Ainda assim, não dá para evitar aquela sensação de que o fim está cada vez mais próximo.

 

10 potes de banha

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:36


4 comentários

Sem imagem de perfil

De angcosta a 26.02.2009 às 23:22

Esta temporada esta mesmo a ser muito boa. tem respondido a muitas questões e tem surpreendido e superado as expectativas quanto às questões que foram levantadas. Mas confesso que às vezes ainda me perco no meio do enredo.
As tuas reviews ajudam a perceber alguns pormenores que me escaparam =)
Imagem de perfil

De Antero a 26.02.2009 às 23:30

Ainda bem que estás a gostar desta temporada. Não te preocupes que eu também me sinto perdido às vezes, mas nada que umas visitas a alguns blogs não resolvam. Ainda bem que os meus posts ajudam à compreensão do episódio. Não gosto de fazer resenhas assim muito detalhadas (há inúmeros sites que as fazem), embora por vezes sinta, ao reler os posts, que estes possam ficar um pouco confusos. =P
Sem imagem de perfil

De angcosta a 26.02.2009 às 23:33

pois... o mais fixe é ler as pontes que as pessoas peritas em lost fazem entre episódios de temporadas diferentes, aspectos que já não me lembrava e que fazem bue sentido.
Enganaram-se as pessoas que andavam para aí a dizer que as revelações do lost nunca iriam surpreender ninguém =) vamos ver como isto acaba!
Imagem de perfil

De rosa a 27.02.2009 às 23:40

Concordo com a Ângela, a narrativa de lost tem tanto por explorar que é sempre bom ler estes posts para relembrar o que ficou para trás e que está agora a ser explicado.
A propósito da narrativa, cada vez mais concordo com o Markl que apelidou a narrativa como digna de David Lynch.

Comentar post



Banha de Cobra

Alvará

Antero Eduardo Monteiro. 30 anos. Residente em Espinho, Aveiro, Portugal, Europa, Terra, Sistema Solar, Via Láctea. De momento está desempregado, mas já trabalhou como Técnico de Multimédia (seja lá o que isso for...) fazendo uso do grau de licenciado em Novas Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro. Gosta de cinema, séries, comics, dormir, de chatear os outros e de ser pouco chateado. O presente estaminé serve para falar de tudo e de mais alguma coisa. Insultos positivos são bem-vindos. E, desde já, obrigado pela visita e volte sempre!

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Armazém

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D