Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O trauma

por Antero, em 15.12.08

Tenho vários traumas de infância: de ir ao circo, de escaldões apanhados na praia, de carrinhos de choque, de supositórios, de feijão frade, entre outras coisas. Mas o Natal dos Hospitais é O trauma! Era eu um pivete e andava num infantário com designação do tempo da outra senhora e, todos os anos, o ritual cumpria-se: num determinado dia da semana (mas sempre perto do Natal), juntavam todos os putos de todas as idades do infantário, ligavam a televisão (que, para putos no início dos anos 90, era algo quase celestial) e, PUMBA!, tomem lá Natal dos Hospitais horas a fio! Nada de desenhos animados de final de tarde da RTP 2, nada de acompanhar a novela Vamp, nem ao menos o Caderno Diário. Para controlar as massas só um interminável e turtuoso Natal dos Hospitais! E claro que aquele desfile de cantoria pimba, de mensagens bondosas, de generosidade alheia e de outras acções plenas de sacarose pode ter boas intenções, mas ninguém me tira da cabeça que aquilo servia para alienar a população. Não se faz isto a puto que ainda anda na primária!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:52


4 comentários

Sem imagem de perfil

De rose a 15.12.2008 às 19:30

Xiii a novela Vamp! Isso é que eram tempos!
O natal dos hospitais faz-me mais lembrar aquelas limpezas semi a fundo do Natal, antes das limpezas primaveris. Mas pelo menos nessa altura era só o Natal dos hospitais, é que só este fim-de-semana de cada vez que acendia a televisão estava a dar um programa diferente de Natal e sempre com o Tony Carreira... Salvem o Natal!
Sem imagem de perfil

De Revoltado a 16.12.2008 às 20:51

É uma vergonha este texto! Só dizes isso, porque nunca passaste um natal no hospital! Eu infelizmente já e adorei poder ver ao vivo, todos os grandes cantores como a Àgata e Marco Paulo! Viva o Natal dos Hospitais!
Imagem de perfil

De Antero a 16.12.2008 às 21:36

Amigo Revoltado,

Fiquei na dúvida se falava a sério no seu comentário. Se sim, um pouco mais de humor nunca fez mal a ninguém. Se é daqueles que todos os anos consome o Natal dos Hospitais, fico feliz por si e veja lá que até admito que o programa tem intenções louváveis. Porém, eu não gosto do Natal dos Hospitais e, no meu post, faço referência à minha infância e de como o dito programa era praticamente nos imposto! Por isso, não leve a mal o que escrevi. Estamos no Natal e você até já fez a boa acção do dia: chamar a Ágata e o Marco Paulo de "grandes cantores" não lembra ao diabo!

Cumprimentos!
Sem imagem de perfil

De Revoltado a 17.12.2008 às 00:01

Não falava a sério... foi mesmo para dar algum humor à coisa! :P

Cumprimentos!

Comentar post



Banha de Cobra

Alvará

Antero Eduardo Monteiro. 30 anos. Residente em Espinho, Aveiro, Portugal, Europa, Terra, Sistema Solar, Via Láctea. De momento está desempregado, mas já trabalhou como Técnico de Multimédia (seja lá o que isso for...) fazendo uso do grau de licenciado em Novas Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro. Gosta de cinema, séries, comics, dormir, de chatear os outros e de ser pouco chateado. O presente estaminé serve para falar de tudo e de mais alguma coisa. Insultos positivos são bem-vindos. E, desde já, obrigado pela visita e volte sempre!

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Armazém

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D