Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cristiano Ronaldo: moda ou mito?

por Antero, em 14.09.08

No futebol (e em quase tudo), o mito é algo que supera qualquer negatividade. Nele, a parte humana é relegada para segundo plano: nenhum homem é um santo, por isso, o mito estabelece e celebra os seus feitos, as suas competências, o seu talento. O ser humano é imperfeito por natureza, mas no mito não há espaço para imperfeições. Diego Maradona é o exemplo máximo: fabuloso jogador de futebol com uma história pessoal perturbada pelo consumo de drogas. No entanto, ele é considerado mítico porque o seu talento e as suas proezas ultrapassaram em muito os factores negativos que rodearam (e rodeiam) a sua pessoa. Dissocia-se o talento do homem, porque não convém estar a enaltecer defeitos. Uma vez estabelecido, é difícil fazer cair um mito: o povo segue tão cegamente as suas crenças que a mudança das convenções é quase uma utopia.

 

Esta pequena reflexão vem a propósito de Cristiano Ronaldo. Considero Ronaldo um nabo. Um saloio exibicionista que é extremamente talentoso dentro dos relvados. Por outro lado, a sua conduta fora deles deixa a desejar: colecciona namoradas, já esteve envolvido em escândalos sexuais (alguns sem culpa própria), é mimado, já teve atitudes pouco profissionais condimentadas com declarações infelizes e, acima de tudo, não é humilde. Admito que a sua parca modéstia me irrita profundamente: a forma como ele se promove para o prémio de melhor do Mundo da FIFA enoja-me. A comunicação social também tem culpas no cartório, ao babar-se a cada movimento do rapaz (muitas vezes sem razão aparente) e com perguntas insistentes para pescar declarações sobre o prémio. Mas aí, Ronaldo mostrar-se-ia cheio de personalidade se fosse mais humilde. E já se sabe que o português médio se dá mal com pretensiosismos, por isso até é natural que ele não reúna consenso cá no burgo.

 

Dificilmente, Ronaldo será um mito. Pelo menos ao nível de Pelé, Maradona, Eusébio, Di Stéfano, Cruijff e muitos outros. Falta-lhe um je ne sais quoi capaz de criar admiração nas massas. Num mundo em constante mudança, em que o que está na berra hoje, amanhã entra em desuso, isto é fatal. O mundo funciona à base de modas e terá Ronaldo o estofo para ser mais que uma moda? E com o culto de celebridades que hoje em dia rodeia os futebolistas, é praticamente impossível separar o homem do talento. Eu até acho, e qualquer pessoa também, que ele merece o prémio de melhor do Mundo: o Europeu foi para esquecer, mas este ano a concorrência esteve a milhas. E o prémio da FIFA laureia o melhor entre todos, mesmo que seja "o menos mau" de todos. Para melhor personalidade, já temos prémios Nobeis da Paz e quejandos. Dêem lá o prémio ao rapaz que tanto suspira por ele. Ou então teremos de aturar outro dos seus amuos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:56


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Samuel a 15.09.2008 às 09:08

Muito bem dito Antero, completamente de acordo.

A meu ver, o "je ne sais quos" que lhe falta para ser um mito do futebol, é o que vier a acontecer nos próximos 10 anos. Não podemos esquecer que o que ele fez no ano passado, fe-lo no pico da sua forma. Dificilmente conseguirá época igual, pelo menos a nível individual.
Se continuar a exibir-se em campo como na época passada, então acredito que tem tudo que precisa para um dia vir a ser comparado àquelas lendas que referiste.
Só tem 23 anos o rapaz, tem a vida toda pela frente (mais 10 de futebol). Veremos.

Comentar post



Banha de Cobra

Alvará

Antero Eduardo Monteiro. 30 anos. Residente em Espinho, Aveiro, Portugal, Europa, Terra, Sistema Solar, Via Láctea. De momento está desempregado, mas já trabalhou como Técnico de Multimédia (seja lá o que isso for...) fazendo uso do grau de licenciado em Novas Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro. Gosta de cinema, séries, comics, dormir, de chatear os outros e de ser pouco chateado. O presente estaminé serve para falar de tudo e de mais alguma coisa. Insultos positivos são bem-vindos. E, desde já, obrigado pela visita e volte sempre!

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Armazém

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D